Artista plástico gaúcho

Ricardo Stumm, radicado em Brasília, tem carreira internacional e diversas especializações na área visual. Começou como gravador realizando curso de Arts and Crafts em Indianapolis (USA) e Porto Alegre no Atelier livre da Prefeitura. Gravuras premiadas na Espanha e design gráfico em Paris, onde estudou na Academie Julian e recebeu o prêmio do concurso internacional de cartazes da ONU pela tolerância, organizado pela Unesco.
Retorna ao Brasil em 1995, estabelecendo-se na Capital e começa a pesquisar as formas tridimensionais, em especial a escultura em bronze.
Inaugurou a primeira fundição artística de Brasília, a Tacello, especializada na produção de esculturas com a técnica da cera perdida, em bronze e alumínio.
Stumm esteve em 2004 na Espanha, onde se especializou em fundição de bronze, na Escuela Massana de Barcelona. O artista participou de inúmeras exposições coletivas e individuais no Brasil e Europa.